COMUNICADO OFICIAL
Perita Papiloscopista de MS é convidada a ministrar aulas na Força Nacional de Segurança Pública
Nádia Nicolau - Assessoria de comunicação SINPAP/MS
, 13 de Abril, 2018
130418101007 30656613 10155096677110633 5961180979326714083 n

Representando o estado de Mato Grosso do Sul na 10ª Instrução de Nivelamento de Conhecimento (INC) para Policiais Civis e Profissionais da Perícia, em Brasília, a Perita Papiloscopista Giselia Subtil Maldonado foi convidada pela Força Nacional de Segurança Pública para ministrar aulas sobre Perícia Papiloscópica Forense, nos dias 11, 12 e 13 de abril, para as novas turmas em formação que irão ingressar na FNSP.


Para esta função, as atividades educacionais de docência exigem profissionais com alto nível de conhecimento técnico e pedagógico, além de participações anteriores bem sucedidas em outras edições de treinamentos da Força Nacional. 


Com 15 anos de carreira, a papiloscopista tem em seu currículo importantes experiências que a tornaram referência dentro da sua especialidade. Giselia destaca que essa Instrução é voltada para peritos de todo o Brasil. Ela acredita que sua participação pode contribuir ainda mais para a valorização e reconhecimento dos profissionais de MS. “Receber esse convite é algo valioso. É uma realização pessoal extremamente gratificante, fruto de muito trabalho e dedicação à Papiloscopia. Além se ser uma oportunidade de mostrar a perícia papiloscópica sul-mato-grossense em âmbito nacional”, ressalta.


Atuações profissionais tornaram a papiloscopista reconhecida até na região nordeste


No início de 2017, Giselia foi enviada à Aracaju (SE) para realizar um diagnóstico da perícia criminal daquele Estado, com o objetivo de dar início ao Plano Nacional de Segurança Pública de Combate a Homicídio, do Ministério da Justiça. Posteriormente, foi mobilizada para atuar em Natal (RN), considerada uma das capitais mais violentas do país.


Em Natal, atuou em parceria com os peritos daquele Estado, prestando apoio técnico operacional, confecção de laudos de demandas reprimidas e confecção de laudos de perícias requisitados diariamente, desta forma, a Papiloscopista Giselia pôde auxiliar o Instituto Técnico Científico (ITEP-RN) a atingir as metas e diretrizes operacionais e administrativas traçadas pela gestão. 


Em relação aos exames periciais, Giselia atuou mais em pericias necropapiloscópicas, por conta dos altos índices de homicídios registrados na cidade, e o aumento da demanda de entrada de cadáveres no IML (Instituto Médico Legal), que necessitam de identificação para liberação dos corpos. Além de perícias em objetos e veículos provenientes de crimes que envolviam homicídios.


Um dos trabalhos periciais mais importantes realizados pela perita foi a perícia papiloscópica em um veículo envolvido em um latrocínio (roubo seguido de morte), que culminou na morte de um policial militar em dezembro de 2016, perícia esta realizada três meses depois do fato, em março de 2017.


Por meio da coleta das impressões digitais foram identificados os dois autores envolvidos no crime. A realização dessa perícia foi fundamental para a Polícia Civil do Rio Grande do Norte, já que possibilitou solucionar o caso e desmantelar uma quadrilha especializada em roubo a bancos e malotes.

Perita Papiloscopista de MS é convidada a ministrar aulas na Força Nacional de Segurança Pública
Perita Papiloscopista de MS é convidada a ministrar aulas na Força Nacional de Segurança Pública
Perita Papiloscopista de MS é convidada a ministrar aulas na Força Nacional de Segurança Pública
160718111122 251017101046 logo diario oficial
Diário Oficial de Mato Grosso do Sul - 16 de Julho, 2018

O Diário Oficial de Mato Grosso do Sul (nº 9.697) publicado nesta segunda-feira (16) divulgou a contagem de Tempo de Serviço na Classe e a Avaliação de Desempenho,... LEIA MAIS

160718101037 0000059
Ação Social
- 16 de Julho, 2018

Durante julho a setembro, os Peritos Papiloscopistas da regional de Corumbá (MS) participam de uma grande ação social, que atende militares da Mari... LEIA MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS